Histórico

  • Porque um fórum nacional de obras públicas ?

    A sociedade não aguenta mais ! A cada dia na mídia são veiculadas notícias de caracterizam uma confusão generalizada entre os Órgãos públicos contratantes, as empresas construtoras e empreiteiras e os órgãos de auditoria e Fiscalização.

    As causas destas divergências não estão sendo tratadas, trata-se apenas do efeito, e mesmo assim nem sempre de forma adequada, pois há conceitos que estão totalmente errados na base do processo, ou seja a doença está nos orçamentos pré-licitatórios e em critérios que são adotados independentemente, de forma não padronizada e que deixam um câncer para ser tratado durante a execução das obras.

    A sociedade precisa tratar deste assunto de forma séria, discutindo a causa, e não apenas o efeito. Precisamos de uma orientação técnica que padronize conceitos e critérios, os quais precisam ser aplicados desde o orçamento pré-licitatório, até a auditoria final de uma obra.

    Chegou a hora de tratar deste assunto de forma transparente e ampla, trazendo para a mesa de discussão todos os interessados e gerar finalmente um documento que contenha conceitos e critérios que sejam adotados por todos os envolvidos nos processos que envolvam a execução de obras públicas.

    Objetivos do Fórum

    *Reunir todos os interessados no tema, de forma que todas as visões do problema e propostas de solução possam ser discutidas em conjunto;

    *Criar um espaço para o entendimento de todos os interessados, quanto a perspectiva de cada lado, quanto ao problema e as necessidades a serem atendidas;

    *Avaliar e discutir uma proposta do IBEC para consolidação de uma ORIENTAÇÃO TÉCNICA, a qual deverá servir de base para a elaboração de Orçamentos de Referência de Obras Públicas;

    *Validar publicamente esta Orientação Técnica, nas principais regiões do país, através de Fóruns Regionais itinerantes, nos quais a proposta de Orientação Técnica irá sendo consolidada de forma evolutiva.

    O IBEC formou uma Comissão Técnica para acompanhar e consolidar a proposta de Orientação Técnica, tratada de forma evolutiva em cada uma das sessões regionais do Fórum. Os profissionais que compõem a Comissão Técnica do Fórum são: Francisco das Chagas Figueiredo (IBEC Brasília), Márcio Soares da Rocha (IBEC Fortaleza) e Wilton Alvarenga Vianna Baptista (IBEC Belo Horizonte).

    Porque IBEC está sendo o principal sponsor deste fórum ?

    A realização de um fórum desta natureza, exige que uma entidade neutra, seja a propositora do tema e mediadora das questões a serem discutidas.

    O Instituto Nacional de Engenharia de Custos é a única entidade no Brasil que reúne todas as condições para isto. Não defende interesses específicos de nenhuma das partes envolvidas, tem a expertise técnica necessária, pois representa a classe dos Engenheiros de Custos do Brasil, representa e distribui no Brasil conhecimento de nível internacional, pois representa aqui o ICEC ( Conselho Internacional de Engenharia de Custos), tem formado milhares de Engenheiros de Custos no Brasil a Nivel de Pós-Graduação, e tem atuado escala em larga nas questões associadas a Orçamento de Obras Públicas disponibilizando conhecimento técnico adequado para solucionar questões de conflito.

    IBEC está devidamente credenciado para ser este sponsor.

    A proposta é que se tenha como produto final um ORIENTAÇÃO TECNICA PARA A ELABORAÇÃO DE ORÇAMENTOS DE OBRAS PÚBLICAS, devidamente validada por todos os interessados neste tema.

    O IBEC por ser uma entidade sem fins lucrativos, não tem os recursos financeiros para a realização deste FORUM, e para isto precisa de parceiros que patrocinem este evento.

    Contamos com a sua contribuição neste sentido.

    Como será desenvolvido ?

    Este Fórum será realizado a Nível Brasil, com seções regionais e uma seção a nível nacional, e com o envolvimento do todos os interessados no tema ORÇAMENTOS DE OBRAS PÚBLICAS.

    Uma base para a discussão está sendo disponibilizada pelo IBEC, a qual poderá ser baixada no site do FORUM, estudada pelos interessados, com as respectivas sugestões encaminhadas para o IBEC, as quais serão discutidas em cada seção do FORUM, gerando assim versões evolutivas que serão novamente disponibilizadas no site.

    Através das participações regionais, procura-se dar a oportunidade de que sejam consideradas todas as questões regionais, de forma que não se tenha apenas um padrão comum a nível Brasil.

    O que se espera como resultado deste fórum ?

    Que ele seja a representação de um desejo da sociedade em resolver de forma ampla os problemas associados a Orçamentos de Obras Públicas, onde todos possam equalizar seus interesses e que se tenha um elemento em comum que balize as discussões futuras quanto a este tema, seja nas licitações, na execução de obras, ou nas auditorias que existirem.

    Que a ORIENTAÇÃO TECNICA na sua versão final a ser aprovada na seção nacional, seja aplicada e referenciada nas licitações de obras públicas.

    Que esta orientação técnica equalize interesses e entendimentos quanto ao tema em questão.

    Que nosso País reduza sensivelmente os prejuízos até aqui contabilizados, pelos conflitos causados pelas divergências hoje existentes.

    Quem está convidado a participar ?

    Através da participação de todos interessados, sejam Órgãos Públicos e Empresas Públicas Contratantes, Órgãos Públicos de Auditoria, Empresas Construtoras e Empreiteiras, a sociedade como um todo, representada por Engenheiros de Custo, Engenheiros, e todos os profissionais ligados a Brás públicas, esperamos que esta ORIENTAÇÃO TECNICA possa representar o desejo , o conhecimento e experiências até aqui desenvolvidas com relação a este tema.

    Como participar ?

    Inscrevendo-se no site do FORUM para as seções previstas, baixando a minuta da ORIENTAÇÃO TÉCNICA, reunindo grupos de trabalho em suas empresas, órgãos públicos, associações de classe, enviando sugestões e participando ativamente das seções de forma presencial de forma a dar peso em tudo o que for decidido.
    Outra forma de participar é também inscrevendo a sua empresa, órgão público ou associação de classe como patrocinador deste fórum, dando inclusive a sua contribuição financeira de forma a viabilizar a realização deste fórum.